https://religiousopinions.com
Slider Image

Jesus no pagamento de impostos a César (Marcos 12: 13-17)

  • 13 E enviaram a ele alguns dos fariseus e dos herodianos, para pegá-lo em suas palavras. 14 E quando eles chegaram, disseram-lhe: Mestre, sabemos que és verdadeiro e que não gostais de ninguém; pois não consideras a aparência humana, mas ensinas o caminho de Deus em verdade. É lícito dar-te tributo a César ou não? 12:15 Daremos ou não daremos? Mas ele, conhecendo a sua hipocrisia, disse-lhes: Por que me tentais? Traga-me um centavo para que eu possa ver.
  • 16 E eles trouxeram isto. E ele lhes disse: De quem é esta imagem e inscrição? Responderam-lhe eles: César. 17 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. E eles se maravilharam com ele.
  • Compare : Mateus 22: 15-22; Lucas 20: 20-26

Jesus e autoridade romana

No capítulo anterior, Jesus derrotou seus oponentes forçando-os a escolher uma das duas opções inaceitáveis; aqui eles tentam retribuir o favor pedindo a Jesus que tome partido sobre uma controvérsia sobre se deve pagar impostos a Roma. Qualquer que seja sua resposta, ele teria problemas com alguém.

Desta vez, porém, os “sacerdotes, escribas e anciãos” não aparecem, eles enviam fariseus (vilões de antes em Marcos) e Herodianos para tropeçar em Jesus. A presença dos herodianos em Jerusalém é curiosa, mas isso pode ser uma alusão ao capítulo três, onde os fariseus e herodianos são descritos como conspiradores para matar Jesus.

Durante esse período, muitos judeus foram trancados em conflito com as autoridades romanas. Muitos queriam estabelecer uma teocracia como um estado judeu ideal e, para eles, qualquer governante gentio sobre Israel era uma abominação diante de Deus. Pagar impostos a tal governante efetivamente negava a soberania de Deus sobre a nação. Jesus não podia se dar ao luxo de rejeitar essa posição.

O ressentimento dos judeus contra o imposto romano e a interferência romana na vida judaica levaram a uma revolta em 6 EC sob a liderança de Judas, o galileu. Isso, por sua vez, levou à criação de grupos judaicos radicais que iniciaram outra rebelião de 66 a 70 EC, uma rebelião que terminou com a destruição do Templo em Jerusalém e o começo de uma diáspora dos judeus de suas terras ancestrais.

Por outro lado, os líderes romanos eram muito sensíveis a qualquer coisa que parecesse resistência ao seu governo. Eles poderiam ser muito tolerantes com várias religiões e culturas, mas somente enquanto aceitassem a autoridade romana. Se Jesus negasse a validade do pagamento de impostos, então ele poderia ser entregue aos romanos como alguém incentivando a rebelião (os herodianos eram servos de Roma).

Jesus evita a armadilha apontando que o dinheiro é parte do estado gentio e como tal pode legalmente ser entregue a eles - mas isso só se qualifica para as coisas que pertencem aos gentios. Quando algo pertence a Deus, deve ser dado a Deus. Quem ficou maravilhado com a sua resposta? Pode ter sido aqueles que fizeram a pergunta ou os que assistiram, espantados por ele ser capaz de evitar a armadilha e ao mesmo tempo encontrar uma maneira de ensinar uma lição religiosa.

Igreja e Estado

Isso às vezes tem sido usado para apoiar a idéia de separar igreja e estado porque Jesus é visto como fazendo uma distinção entre autoridade secular e religiosa. Ao mesmo tempo, porém, Jesus não dá nenhuma indicação de como se deve dizer a diferença entre as coisas que são de César e as coisas que são de Deus. Nem tudo vem com uma inscrição útil, afinal, embora um princípio interessante seja estabelecido, não fica muito claro como esse princípio pode ser aplicado.

Uma interpretação cristã tradicional, porém, diz que a mensagem de Jesus é que as pessoas sejam tão diligentes no cumprimento de suas obrigações para com Deus quanto no cumprimento de suas obrigações seculares ao Estado. As pessoas trabalham duro para pagar seus impostos na íntegra e no prazo porque sabem o que vai acontecer com eles se não o fizerem. Menos pensam tanto quanto as consequências ainda piores derivam de não fazer o que Deus quer, então precisam ser lembrados de que Deus é tão exigente quanto César e não deve ser ignorado. Esta não é uma representação lisonjeira de Deus.

Religião na Tailândia

Religião na Tailândia

Religião de Timor Leste, uma comunidade católica no sudeste da Ásia

Religião de Timor Leste, uma comunidade católica no sudeste da Ásia

Dicas para o Estudo do Exame para Adolescentes Cristãos

Dicas para o Estudo do Exame para Adolescentes Cristãos