https://religiousopinions.com
Slider Image

Cristãos pentecostais: em que eles acreditam?

Os pentecostais incluem cristãos protestantes que acreditam que as manifestações do Espírito Santo estão vivas, disponíveis e experimentadas pelos cristãos modernos. Os cristãos pentecostais também podem ser descritos como "carismáticos".

A história da igreja pentecostal

As manifestações ou dons do Espírito Santo foram vistas nos crentes cristãos do primeiro século (Atos 2: 4; 1 Coríntios 12: 4-10; 1 Coríntios 12:28) e incluem sinais e maravilhas como a mensagem de sabedoria, a mensagem de conhecimento, fé, dons de cura, poderes miraculosos, discernimento de espíritos, línguas e interpretação de línguas.

O termo pentecostal, portanto, vem das experiências do Novo Testamento dos primeiros cristãos no dia de Pentecostes. Neste dia, o Espírito Santo foi derramado sobre os discípulos e as línguas de fogo repousaram sobre suas cabeças. Atos 2: 1-4 descreve o evento:

Quando o dia de Pentecostes chegou, eles estavam todos juntos em um só lugar. E de repente veio do céu um som como um poderoso vento impetuoso, e encheu toda a casa onde eles estavam sentados. Os pentecostais acreditam no batismo no Espírito Santo. Espírito como evidenciado por falar em línguas. O poder de exercer os dons do espírito, afirmam, vem inicialmente quando um crente é batizado no Espírito Santo, uma experiência distinta da conversão e do batismo na água.

O culto pentecostal é caracterizado por expressões emocionais e vivas de adoração com grande espontaneidade. Alguns exemplos de denominações pentecostais e grupos religiosos são Assembléias de Deus, Igreja de Deus, igrejas do Evangelho Pleno e Igrejas de Unicidade Pentecostal.

História do pentecostalismo na América

Charles Fox Parham é uma figura proeminente na história do movimento pentecostal. Ele é o fundador da primeira igreja pentecostal conhecida como a Igreja da Fé Apostólica. Durante o final do século 19 e início do século 20, ele liderou uma Escola Bíblica em Topeka, Kansas, onde o batismo no Espírito Santo foi enfatizado como um fator chave na caminhada da fé.

Durante o feriado de Natal de 1900, Parham pediu a seus alunos que estudassem a Bíblia para descobrir a evidência bíblica do batismo no Espírito Santo. Uma série de reuniões de oração de avivamento começou em 1 de janeiro de 1901, onde muitos estudantes e o próprio Parham experimentaram um batismo no Espírito Santo acompanhado por falar em línguas. Eles concluíram que o batismo no Espírito Santo é expresso e evidenciado por falar em línguas. A partir dessa experiência, a denominação Assembléias de Deus - o maior corpo pentecostal da América atual - pode traçar sua crença de que falar em línguas é a evidência bíblica do batismo no Espírito Santo.

Um reavivamento espiritual rapidamente começou a se espalhar para o Missouri e o Texas, e eventualmente para a Califórnia e além. Grupos de santidade nos Estados Unidos, onde relatam os batismos do Espírito. Um grupo, o Azusa Street Revival, no centro de Los Angeles, oferecia serviços três vezes ao dia. Participantes de todo o mundo relataram curas milagrosas e conversavam em línguas.

Esses grupos de reavivamento do início do século XX compartilhavam uma forte crença de que o retorno de Jesus Cristo era iminente. E enquanto o reavivamento da rua Azusa desapareceu em 1909, serviu para reforçar o crescimento do movimento pentecostal.

Na década de 1950, o pentecostalismo estava se espalhando para as principais denominações, como a "renovação carismática", e em meados da década de 1960 havia invadido a Igreja Católica. Hoje, os pentecostais são uma força global com a distinção de ser o movimento religioso mais importante que cresce mais rapidamente, com oito das maiores congregações do mundo, incluindo a maior igreja Yoido Full Gospel de 500.000 membros de Paul Cho, em Seul., Coréia.

A projeção astral é real?

A projeção astral é real?

Religiões do Brunei

Religiões do Brunei

5 argumentos falhos para o projeto inteligente

5 argumentos falhos para o projeto inteligente